CONDEMAT define Câmaras Técnicas para 2019

 

Coordenadores titulares e suplentes foram apresentados hoje pelo presidente Rodrigo Ashiuchi;  19 grupos de trabalho darão suporte ao Conselho de Prefeitos.

 

A presidência do CONDEMAT – Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê apresentou, quinta-feira (31/01), a estrutura das Câmaras Técnicas para a gestão 2019. São 19 grupos de trabalho em áreas consideradas estratégicas para as prefeituras, mais o Conselho dos Fundos Sociais de Solidariedade.  A meta é ampliar os resultados em soluções regionais.

 

Das 19 Câmaras Técnicas, 15 delas são permanentes – Assistência Social, Cultura, Desenvolvimento Econômico e Inovação, Educação, Esportes, Finanças, Gestão Ambiental, Habitação, Infraestrutura, Planejamento e Urbanismo, Políticas Públicas para Mulheres, Programas e Projetos, Saúde, Segurança e Turismo. Há também as Câmaras Técnicas Especiais de Bem-Estar Animal e de Selo de Inspeção, que tratam de projetos específicos, e as do Legislativo e Jurídico, acionadas eventualmente para apoio e debate de determinadas propostas.

 

Uma das mudanças promovidas neste ano foi a incorporação da Mobilidade à Câmara Técnica de Planejamento e Urbanismo.  Além disso, os grupos passam a contar com coordenador titular e suplente. Nesta gestão, todas as 11 cidades que integram o CONDEMAT possuem representatividade na coordenação das Câmaras Técnicas.

 

“Promovemos algumas adequações  na estrutura e na coordenação para dar maior dinamismo às Câmaras Técnicas, que são fundamentais para dar suporte às ações do consórcio e a atuação do Conselho de Prefeitos”, ressalta o presidente do CONDEMAT, Rodrigo Ashiuchi, prefeito de Suzano. “O consórcio está crescendo muito, ganhando espaço, e a atuação dos técnicos é decisiva para o fortalecimento da Região”, acrescenta.

 

O presidente do CONDEMAT destacou os resultados alcançados pela Região no último ano e solicitou que cada Câmara Técnica defina um ou dois projetos prioritários para serem trabalhados ao longo de 2019. A agenda de reuniões dos grupos, formados por secretários, diretores e coordenadores municipais, começa na próxima semana.

 

“2018 marcou o primeiro ano do CONDEMAT como um consórcio executivo e tivemos um avanço significativo nas ações, impulsionado principalmente pelo trabalho das Câmaras Técnicas. Esperamos ampliar os resultados neste ano e ter uma maior integração dos grupos, pois há temas que se entrelaçam e não faltam desafios”, frisa o presidente Rodrigo.

 

Entre os destaques de 2018 estão as ações de saúde, como a assinatura do contrato com a AACD para atendimento de 10 cidades, implantação de duas unidades de Residências Terapêuticas para pacientes psiquiátricos e a inclusão do Alto Tietê no Projeto Infarto da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo.  De forma integrada, Saúde e Gestão Ambiental também avançaram com a questão do Bem-Estar Animal.

 

O ano passado marcou o lançamento do Caderno Econômico Alto Tietê, com os principais dados que mostram o potencial da Região para os investimentos, a elaboração da proposta regional de Lei de Incentivos para atração de empreendimentos e a assinatura do convênio com o Fehidro (Fundo Estadual de Recursos Hídricos) destinado à contratação dos estudos para a compensação financeira aos municípios produtores de água.

 

Também foram dados encaminhamentos importantes na questão das Políticas Públicas para Mulheres, com a criação do grupo de Gênero e Masculinidades e a realização do primeiro curso para inserir os homens na luta contra a violência. No ano passado ocorreram os primeiros torneios esportivos regionais para integração das cidades e a Região recebeu duas edições do “Sabores do Alto Tietê”, evento gastronômico promovido pelo Conselho dos Fundos Sociais.

 

COORDENAÇÃO DAS CÂMARAS TÉCNICAS 2019

 

Assistência Social

 

Titular: Rodrigo Siqueira (Ferraz de Vasconcelos)

 

Suplente: Monike Cáfaro (Salesópolis)

 

Cultura

 

Titular: Cláudio Ferraraz (Guararema)

 

Mário Sumirê (Poá)

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload