MOGI DAS CRUZES:  “Tribunal do Crime” planejava executar indivíduo

 

Por volta das 16:00 de quarta-feira, 13 de fevereiro, a equipe  do Tático Comando, com a Viatura M 17020, com o Tenente PM Dirceu e Cabo PM Rodrigues e o Soldado Netto, receberam uma denúncia anônima de que indivíduos armados  estariam realizando um "Tribunal do Crime" feito por membros da facção criminosa PCC, ocasião na qual um indivíduo de vulgo “Cirilo” estaria sendo mantendo em cárcere privado e seria executado, em um barraco de madeira em meio a mata, nas proximidades da Rua José Pereira, no Bairro de Jundiapeba em Mogi das Cruzes.

 

De posse destas informações foram reunidas as equipes de Força tática do 2° Pelotão que se deslocou para o referido local.

 

Foi montada uma célula tática e feito deslocamento em conduta de Patrulha até o barraco identificado, quando os Policiais Militares se aproximaram depararam com a porta entreaberta, e no seu interior estava um indivíduo sentado em uma cadeira, (posteriormente identificado como Rodrigo Alves dos Santos) o qual foi submetido a busca pessoal e em sua cintura foi localizado um simulacro de arma de fogo, concomitante a ação, um segundo indivíduo que se encontrava deitado em uma cama no momento da chegada das equipes, levantou rapidamente e informou a equipe que seria vítima de  sequestro, que foi posteriormente identificado como L. S. de 17 anos.

 

Ao ser indagado sobre o fato, o menor L. S. informou à equipe que realizava o tráfico de drogas na cidade de Suzano e havia extraviado uma quantia considerável de drogas, e devido a isto a facção criminosa, teria sequestrado e o levado para ser executado, tendo sido torturado e espancado durante toda a madrugada.

 

Rodrigo dos Santos Alves informou à equipe do Tático Comando que estaria recebendo dinheiro para ficar na guarda do sequestrado.

 

Diante dos fatos, foi dada voz de prisão ao indivíduo Rodrigo e conduzido partes ao 4° Distrito Policial de Mogi das Cruzes onde permaneceu à disposição da Justiça.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload