CDHU sorteia 66 casas para famílias de Santa Branca

 

A Secretaria Estadual da Habitação, por meio da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU), sorteou nesta segunda-feira, 19 de agosto, as 66 moradias do Conjunto Habitacional Santa Branca B para famílias de Santa Branca, na região administrativa de São José dos Campos.

 

Estão inscritas 628 famílias para a concorrência das casas e 95% delas têm renda familiar de até três salários mínimos. Do total de unidades sendo sorteadas, são 52 para a população em geral, cinco para famílias com pessoas com deficiência, quatro para idosos, três para policiais e agentes penitenciários e duas para indivíduos sós.

 

As unidades do empreendimento Santa Branca B recebem R$ 6,3 milhões do Governo do Estado, e têm previsão de entrega para novembro deste ano. As moradias contam com área total de 44,69 m², dois dormitórios, sala, cozinha, banheiro e área de serviço, e respeitam e incorporam as melhorias estabelecidas como diretrizes de qualidade pela Secretaria Estadual da Habitação – pisos cerâmicos em todos os cômodos, azulejos nas paredes hidráulicas, acessibilidade, aquecimento solar para chuveiro e infraestrutura completa, além de outras melhorias.

 

Trabalho na cidade e na região:

 

Na cidade de Santa Branca, a CDHU já entregou 36 moradias e uma carta de crédito até o momento. Estão em obras 94 unidades habitacionais, incluindo 66 unidades sorteadas nesta segunda-feira, que receberão investimentos totais de R$ 6,8 milhões pelos dois braços da Secretaria Estadual da Habitação, CDHU e agência de fomento habitacional Casa Paulista.

 

O programa de regularização fundiária Cidade Legal, da Pasta, responsável pela entrega de títulos de propriedade em bairros de interesse social até então irregulares, tem cinco núcleos inscritos na cidade, com 391 imóveis pleiteando regularização.

 

Na região administrativa de São José dos Campos, foram entregues 35.360 moradias. Outras 1.263 estão em obras. Essas unidades em andamento representam R$ 132,3 milhões em investimentos pelos dois braços operacionais da Secretaria de Estado da Habitação – CDHU e Agência Casa Paulista.

 

O programa de regularização fundiária Cidade Legal, da Secretaria de Estado da Habitação, responsável pela entrega de títulos de propriedade em bairros de interesse social até então irregulares, atende 38 municípios na região de São José dos Campos.

 

São 697 bairros na região pleiteando regularização, dos quais 61 já foram regularizados. No total de inscritos, 90.961 imóveis terão sua documentação regularizada, sendo que 6.425 destes já finalizaram esse processo. Quando todos esses imóveis estiverem regulares, mais de 363 mil pessoas serão beneficiadas pela entrega dos títulos de propriedade.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload