Museu da Energia disponibiliza programação gratuita na internet


Atividades indicadas para pais e filhos são ofertadas nas redes sociais da Rede Museu da Energia


A Rede Museu da Energia disponibiliza a partir de hoje uma programação online e gratuita para o público durante o cenário atípico da pandemia de coronavírus (Covid-2019), que alterou a rotina de toda a população. Na última semana, as unidades de São Paulo, Itu e Salesópolis paralisaram as atividades presenciais para preservar a saúde e bem estar de todos, em atenção à orientação do Centro de Contingência do Covid-2019.


Semanalmente a equipe do educativo do Museu da Energia irá oferecer nas redes sociais oficiais (Facebook e Instagram), conteúdo sobre o futuro da água e energia, estimulando a reflexão do consumo consciente, através da indicação de livros e documentários, além de curiosidades e sugestões de atividades a serem praticadas dentro de casa.


A programação online disponível no Facebook e Instagram da Rede Museu da Energia são dedicadas para pais e filhos


Um dos destaques das curiosidades é sobre o impacto de uma gripe trazida da Europa que o Brasil sofreu em 1945. O jornal "A Gazeta" destacou os desafios dos bondes elétricos e ônibus cheios, e como a lotação também contribuía para o vírus se espalhar. Adiantamos o link da matéria completa que está disponível no acervo online da Fundação Energia e Saneamento, mantenedora da Rede Museu da Energia:


http://acervo.energiaesaneamento.org.br/consulta/AbrirArquivo.aspx?ID=23939


Nas indicações de vídeos que abordam o futuro da energia, o webdocumentário "Sol de Norte a Sul", produzido pelo Greenpeace, entra como sugestão. Dedicado para todas as idades, o documentário traz informações valiosas sobre o aproveitamento da energia solar e as dificuldades enfrentadas para sua consolidação no país.


Como opção de atividades, as equipes dos Museus estão preparando tutoriais de experimentos científicos que irão animar a criançada. Já no resgate de brincadeiras antigas, os educadores lembram o público infantil que no século XIX as casas não tinham energia elétrica, ou seja, não existiam televisão, videogame, celular e rádio. Então, uma das interações com a família eram brincadeiras como dominó e xadrez, por exemplo, uma viagem ao tempo que pode ser praticada dentro de casa.


Para acompanhar a programação completa da Rede Museu da Energia no ambiente virtual, acesse:


Facebook - Rede Museu da Energia


Instagram - @museudaenergia


http://www.museudaenergia.org.br/

JORNAL DO POVÃO 

  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Google+ Social Icon
  • Twitter Social Icon

Jornal do Povão - Aqui Você faz a Diferença