Design sem nome (1).png

Jornal do Povão

Aqui Você Faz a Diferença

  • Hiago Salesópolis

Dia 9 acontece a 4ª Parada do Orgulho LGBTQIAP+ em Mogi das Cruzes



No dia 9 de Outubro, com concentração a a partir das 12:00 em frente ao Terminal de Ônibus Estudantes, acontece a 4ª edição da Parada do Orgulho LGBTQIAP+ de Mogi das Cruzes, uma realização da ativista Regina Tavares que foi contemplada no edital do programa Mais Orgulho uma iniciativa da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, realizada por meio da Associação Paulista dos Amigos da Arte - APAA, que conta com o apoio do Fórum Mogiano LGBT, do Coletivo Diversidade Alto Tietê, do Instituto CRIARTE e da Prefeitura Municipal de Mogi das Cruzes, a manifestação ocorre após dois anos paralisada devido a pandemia da COVID-19 e estima receber um público de mais de 5 mil pessoas.


Nesta edição, a Parada de Mogi mudou o local de concentração para a Avenida Dr. Cândido X. de Almeida e Souza, no Centro Cívico, o local foi escolhido devido o fácil acesso aos meios de transporte e pelo tamanho da via que irá receber dois trios elétricos, que será palco para personalidades, autoridades do poder público, representantes de movimentos sociais, artistas drag queens, djs, e demais pessoas que contribuem para a construção de uma cidade sem preconceitos com a população LGBTQIAP+


A novidade neste ano é que pela primeira vez a Parada de Mogi irá caminhar pelas ruas da cidade rumo a Avenida Cívica, onde irá ocorrer o encerramento com shows e a dispersão do público.


A Parada LGBTQIAP+ de Mogi das Cruzes já é uma festividade tradicional da cidade, apesar da Câmara Municipal ter rejeitado um projeto de lei pedindo a inclusão no calendário oficial de turismo, um rejeição inédita na história do parlamento que sempre aprovou datas comemorativas. Com o tema "Seu conservadorismo não irá nos parar, dá licença que a parada vai passar" faz uma provocação política para mostrar que a Parada é uma manifestação cívica e cultural de nossa cidade que resiste apesar da opressão e merece ser valorizada e respeitada pelo poder público, que até então não tem implantado políticas públicas efetivas no combate a discriminação, a violência e na garantia de direitos básicos como acesso a saúde, educação e trabalho sem discriminação.


O objetivo principal da Parada LGBTQIAP+ de Mogi das Cruzes é reunir diversos públicos das mais variadas localidades para em uma única voz dizer NÃO ao preconceito e a violência.


A Comissão Organizadora está há meses dialogando com o poder público para que a Parada ocorra dentro da normalidade e com o apoio das forças de segurança e de trânsito, para que seja um dia tranquilo, para comemorarmos a nossa diversidade!


Maiores informações podem ser obtidas com a Regina Tavares, no contato: 11 94308-0904 ou através das redes sociais da Parada LGBTQIAP+ de Mogi das Cruzes no Facebook ou Instagram.



48 visualizações
  • Instagram - White Circle