Design sem nome (1).png

Jornal do Povão

Aqui Você Faz a Diferença

  • Hiago Salesópolis

SALESÓPOLIS: Polícia Civil prende homem acusado de assalto



Durante diligenciamento pelas ruas de Salesópolis os Policiais Civis Luan Leal e Antonio Freitas Pereira Junior, na tarde de quarta-feira, 31 de agosto, observaram um rapaz ofegante que acenou solicitando a parada da Viatura Policial.


Ao estacionar a Viatura, o rapaz, identificado como M. H. A. A., ora testemunha, informou que uma senhora, tinha acabado de ser assaltada, por um indivíduo alto, magro, branco, usando boné, camiseta branca e uma blusa cinza amarrada na cintura e que o mesmo tinha roubado seu aparelho celular e fugido em seguida, indicando a direção que o indivíduo havia tomado.


A testemunha M. informou que presenciando a ação criminosa, logo que o ladrão empreendeu fuga, passou a correr em sua direção, sendo que o mesmo acabou jogando o aparelho celular da vítima no chão, em outra via, muitos metros distantes do local do roubo.


Então, diante de tais informações, os Policiais Civis rumaram em direção apontada pela testemunha, sendo que cerca de uns 300 metros, na Avenida Prof. Ademar Bolina, avistaram um indivíduo com as mesmas características apontadas pela testemunha e vítima.


Abordado e indagado B. G. S., inicialmente negou a ação criminosa, no entanto, ali mesmo, acabou confessando ter roubado o aparelho celular da vítima, com a alegação de que um indivíduo desconhecido tinha lhe ofertado o valor de R$ 20,00 (vinte reais) para assaltar a vítima.


Indagado pelos Policiais Civis quem seria tal indivíduo, B. G. S., alegou que não o conhecia, bem e que não sabia apontar onde pudesse ser localizado.

Em seguida os Policiais Civis retornaram até o local dos fatos, onde indagaram a vítima sobre o roubo de aparelho celular, sendo que de pronto, respondeu afirmativamente.


Então, foi solicitada a vítima e a como a testemunha a comparecer nesta Delegacia de Polícia, onde reconheceu de pronto o indiciado como sendo o autor do roubo de seu aparelho celular, e informou ainda que, na tarde de quarta-feira, 31 de agosto, tinha acabado de chegar de Mogi das Cruzes, onde foi realizar algumas compras e, ao descer do ônibus, falava ao seu aparelho celular, quando, repentinamente, apareceu um rapaz, que lhe perguntou o horário.


Disse também, que, após informar o horário o rapaz, inesperadamente, deu lhe um tapa violento na sua mão e logo em seguidas subtraiu seu aparelho celular, saindo correndo e que um rapaz saiu de uma barbearia, ali existente, correndo atrás do ladrão, sendo que tal rapaz, depois de alguns minutos, retornou, trazendo seu aparelho celular, devolvendo-lhe.

Por fim, informou que, apesar do tapa que recebeu do ladrão não ter deixado machucados, estava sentindo muitas dores na região, justamente devido a força impregnada no tapa por B. G. S. durante a ação.


Diante dos fatos, foi ratificada a voz de prisão ao indiciado pelo crime previsto no art. 157, caput , do Código Penal, sendo que o aparelho celular foi apreendido e devolvido à vítima mediante auto próprio.


O preso foi encaminhado à Cadeia Pública de Mogi das Cruzes, onde ficará a disposição da Justiça, visando, inicialmente audiência de custódia.

1.169 visualizações