Design sem nome (1).png

Jornal do Povão

Aqui Você Faz a Diferença

  • Hiago Salesópolis

Vereador Claudinho vota contra aumento salarial do prefeito, vice-prefeito, secretários e vereadores


O camarista apresentou emendas modificativas que previa economia aos cofres públicos.


Na sessão ordinária da Câmara Municipal, realizada no dia 05 de outubro, os vereadores votaram os projetos de lei sobre os subsídios dos Vereadores, Prefeito, Vice-Prefeito e Secretários para a próxima gestão (2021-2024). Em votação, a maioria dos vereadores, que integram a base do atual prefeito, aprovaram o aumento salarial dos secretários em 32%. Os subsídios passam de R$3.326,30 para R$ 4.392,44.


O vereador Claudio do Prado Moraes (DEM), o Claudinho do Som, apresentou emenda sobre a redução de 24,2% dos salários dos Vereadores de R$ 4.392,44 para R$ 3.326,30. “Infelizmente a maioria rejeitou a proposta, seria uma economia de R$ 1.066,14 ao mês por cada vereador”, disse. Além disso, o camarista apresentou a emenda modificativa n° 002/20 ao projeto de lei onde manteria o subsídio atual do Prefeito e Secretários, e reduziria o do Vice-prefeito de R$ 3.326,30 para R$2.650,70.


“Haveria uma economia de R$8.107,20 por ano, valor significativo para aquisição de alguns equipamentos na área da saúde, seja para a Clínica de Fisioterapia, para os atendimentos médicos ou odontológicos dos Postos de Saúde da área central ou do Distrito de Nossa Senhora dos Remédios, que precisam e merecem investimentos urgentes.


São detalhes que fazem a grande diferença para a prevenção, diagnóstico e tratamentos de problemas de saúde. Aliado a proposta de redução do subsídio dos Vereadores e Vice-Prefeito, poderia trazer uma economia de aproximadamente R$136 mil, não somente durante os próximos quatro anos”, explicou

125 visualizações