CEI deverá ser concluída no final deste mês

 

A CEI – Comissão Especial de Inquérito composta pelos vereadores Jorge Mishima, PSDB; Leonardo Venâncio Molina, PTN; Walter Machado de Almeida, PMDB e Reinaldo Pereira Júnior, DEM, devem concluir até o final deste mês os trabalhos em que apuram possíveis ligações do prefeito Jarbas Ezequiel de Aguiar com o crime organizado dentro da prefeitura de Biritiba Mirim.

 

 

O MP enviou no início do mês de setembro à câmara municipal de Biritiba Mirim acusação contra o prefeito Jarbas, em Ação Civil de improbidade administrativa e violação aos princípios administrativos.

 

Após uma sessão com grande movimentação de suprapartidários do prefeito Jarbas foi instaurada uma CEI para apurar os fatos.


A reportagem do JP vem acompanhando semanalmente o andamento dos trabalhos junto ao presidente o vereador Jorge Mishima que mais uma vez falou conosco.

 

“Graças a Deus está correndo tudo bem, dia 12 temos o prazo para encerrar, prorrogável para mais 30 dias e o que tenho a dizer é que com certeza vamos precisar de mais 30 dias e calculo que em 45 dias nós possamos terminar esse relatório da comissão”.

 

“Dia 12 será humanamente impossível, pois nós estamos ouvindo os depoimentos de algumas pessoas e como não depende só de nós, temos que convida-los de maneira espontânea para que venham a depor nessa condição”.

 

“Creio eu que por parte da comissão está tudo indo muito bem, não posso adiantar muita coisa por sigilo, mas já ouvimos vários depoentes”.

 

“O relatório será apresentado ao plenário e explanado para que os vereadores possam votar conscientemente, conhecendo o termo do mesmo”.

 

“Poderá ser transformado em uma Comissão Processante, sendo então nomeada uma nova comissão para dar continuidade neste objetivo que é de apurar os fatos evolvendo o prefeito Jarbas Ezequiel de Aguiar e o vice-prefeito Walter Tajiri”.

 

“Normalmente a comissão processante ela é a etapa final, da uma lapidada na verdade, mas a mais importante é essa comissão que nós estamos presidindo, com os vereadores Leonardo, Walter e Reinaldo”.

 

“A Comissão Especial de Inquérito é a primeira etapa e em seguida a comissão processante, pois se as denúncias forem procedentes, o relator, Ministério Publico e Tribunal de Justiça referindo a essas denúncias chegaremos então a fase é de cassação”, concluiu o presidente da CEI e vereador Jorge Mishima.

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload