Vereador Rodolfo solicita emendas parlamentares

25/04/2018

 

“Apresentei ao deputado Ricardo Izar dois ofícios, um solicitando o castra-móvel e outro para recursos de custeio, só que como todos sabem é um pedido, então depende da liberação da emenda, portanto fizemos uma indicação para que o prefeito adote uma medida emergencial para castração porque realmente é visível a quantidade de cachorro que esta em nossa cidade e isso esta causando transtorno tanto para as pessoas como para os próprios animais que estão doentes e sendo maltratados”.

 

“Também apresentei ao CACIT (Comissão de Agricultura, Comércio, Indústria e Turismo), a indicação de número 118, solicitando que o senhor prefeito análise e possibilidade de uma reunião com esta comissão, agricultores, diretor de agricultura e secretária de educação porque muitos munícipes e produtores relataram que não quiseram participar da chamada pública deste ano (EPINAI), porque sofreram muito em gestões anteriores”.

 

“Hoje você produz alface, mas não querem alface, e os produtos de origem orgânica não são de prateleiras, não são industrializados, então se não vender naquele momento ele perde, visto que não tem uma durabilidade grande, portanto está tendo muita divergência, pois muitos moram lá no pico agudo, ai ligam aqui da secretaria e pedem 5 kg de bananas, mas só o que o produtor gasta combustível pra trazer, então esta é uma questão de logística”.

 

“Portanto indiquei ao senhor prefeito para que faça uma reunião para minimizar os erros e os prejuízos aos nossos produtores”.

 

“Com relação aos médicos, eu gostaria de solicitar ao senhor prefeito que faça um ofício e encaminhe aos médicos cubanos explicando quando este projeto veio pra esta casa e também de onde partiu a retirada, porque na gestão anterior na qual eu era presidente, não surgiu projeto de lei algum referente a questão em pauta”.

 

“É muito importante a questão da transparência, da participação, porque se faz necessário que eles (médicos cubanos) saibam do que aconteceu, pois é muito fácil falar que está parado na câmara, então que se faça o ofício para maior esclarecimento”, concluiu o vereador Rodolfo.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload