Design sem nome (1).png

Jornal do Povão

Aqui Você Faz a Diferença

  • Estância Turística de Salesópolis

Dia do Pracinha Salesopolense


Sem patriotismo, não há humanização e desenvolvimento Nacional


Como acontecem todos os anos no segundo domingo do mês de junho é comemorado em Salesópolis o Dia do Pracinha Salesopolense, que foi instituído há 34 anos através de uma Lei de autoria do então vereador Antônio Rodrigues de Camargo Neto, Panca.


Infelizmente não há mais nenhum herói da FEB (Força Expedicionária Brasileira) vivo, mas as homenagens a esses bravos combatentes não podem acabar na Estância Turística de Salesópolis, mesmo porque seus familiares estão sempre presentes as comemorações.


Nesta semana circulou pelos bastidores políticos que haveria a possibilidade de ser votada na câmara municipal o fim das homenagens aos Pracinhas pelo motivo de não haver mais nenhum vivo.


A reportagem do JP ouviu a opinião dos vereadores Claudinei José de Oliveira, Nei; Claudio do Prado Moraes, Claudinho do Som e de Rodolfo Rodrigues Marcondes que foram unânimes em dizer que são contra o fim das homenagens visto que essas pessoas são tidas como os Heróis da Estância Turística de Salesópolis e que em momento algum há a mínima chance de ser votada na câmara a revogação da Lei que instituiu o dia do Pracinha Salesopolense.


Os heróis pracinhas brasileiros e da Estância Turística de Salesópolis aprenderam a guerrear nas dificuldades, entre os muitos obstáculos estavam além da ameaça constante das tropas nazistas e fascistas, o inverno mais rigoroso em 50 anos, com média de 20 graus negativos nos Apennines Italianos em 1944.


Essa notícia foi recebida com grande decepção não apenas pelo autor da Lei que instituiu o dia do Pracinha, o ex-vereador e ex-presidente da câmara municipal da Estância Turística de Salesópolis Antônio Rodrigues de Camargo Neto, mas principalmente pelos familiares dos heróis salesopolenses.


O que mais podemos ver na Estância Turística de Salesópolis são as tradições sendo exauridas com o passar do tempo, sem que ninguém tomasse alguma providência.

Esta é mais um sinal amarelo de que se a população, políticos e os familiares dos Heróis da FEB ficarem em silêncio uma minoria poderá colocar fim a mais essa tradição, que por sinal é regida por uma Lei, talvez a única que ainda se cumpre nesta cidade.


No próximo domingo, 10 de junho o Jornal do Povão estará transmitindo ao vivo a missa na Igreja Matriz de São José, às 8:00 e a partir das 10:00 na Praça dos Expedicionários as comemorações do 38º ano de homenagem ao Dia do Pracinha Salesopolense.