BIRITIBA MIRIM: Vereador vira réu após justiça aceitar denúncia sobre desvio de 2 t de alimentos


O vereador de Biritiba Mirim, Leonardo Venâncio Molina, PTN “Raposão”, tornou-se réu juntamente com Lucinéia de Oliveira Camargo, ex-chefe de gabinete, na época, no processo que apura irregularidades na merenda escolar da cidade, durante o ano de 2015, após o Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo aceitar a denúncia do MP.

Segundo o MP “Raposão” na época (2015) secretário de obras e Lucinéia de Oliveira Camargo, chefe de gabinete teriam desviados duas toneladas de alimentos da merenda escolar da cidade de Biritiba Mirim. Ambos são acusados de peculato, que é apropriação de recursos públicos.

Segundo ainda o MP, Lucinéia autorizou Leonardo e um motorista a retirarem cerca de 10 toneladas de alimentos do armazém do Governo do Estado de São Paulo, em 15 e 16 de junho de 2015, na cidade de Cajamar, totalizando 10 toneladas de alimentos.

Toda a carga foi transportada até o pátio de obras da prefeitura de Biritiba Mirim e encaminhada até a Secretaria Municipal de Assistência Social, que só foi descoberta pela nutricionista da prefeitura quando a mesma recebeu uma ligação do Governo do Estado, sobre a liberação do segundo carregamento de merenda, visto que nem o primeiro chegou à mesma.

Ao saber do local onde se encontrava a merenda a nutricionista foi acompanhada de outros profissionais até a Assistência Social onde se contatou a falta de duas toneladas dos alimentos, totalizando um prejuízo de R$ 8.1 mil.

A denúncia foi apresentada pelo MP em 6 de dezembro de 2018 e acatada pelo Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo em 28 de março de 2019..

Munícipe entra com pedido de investigação na câmara municipal

A munícipe Maria Suellen Campos, protocolou na câmara municipal de Biritiba Mirim na manhã de segunda-feira, 29 de abril, um pedido para que seja realizada investigação sobre os fatos que envolveram o vereador Leonardo Venâncio Molina, PTN “Raposão”.

No documento Suellen ainda solicita que seja tom constituída uma CEI (Comissão Especial de Inquérito) na busca da proteção da ética e moral da Casa de Leis e que se comprovadas as irregularidades que sejam tomadas medidas disciplinares punitivas ao vereador Leonardo Venâncio Molina, PTN “Raposão” conforme regimento interno da câmara municipal de Biritiba Mirim.

JORNAL DO POVÃO 

  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Google+ Social Icon
  • Twitter Social Icon

Jornal do Povão - Aqui Você faz a Diferença