Design sem nome (1).png

Jornal do Povão

Aqui Você Faz a Diferença

  • Estância Turística de Salesópolis

Igreja de São José, em Salesópolis, será elevada a Santuário Diocesano

No dia 19 de março, data em que a Igreja Católica celebra a Festa de São José, pai adotivo de Jesus, a Igreja Matriz da Paróquia São José, em Salesópolis, será elevada a Santuário Diocesano, em missa presidida por Dom Pedro Luiz Stringhini, às 10h.

De acordo com o Direito Canônico, Santuário designa-se uma igreja ou lugar sagrado, onde fiéis em grande número fazem peregrinações por algum motivo especial de piedade ou devoção, e são lugares excepcionais para viver em Igreja as formas de oração cristã. As peregrinações evocam a nossa marcha na terra para o céu, são momentos fortes de oração.

A elevação à Santuário Diocesano irá acontecer dentro da programação da Festa de São José, que tem início nesta sexta-feira, dia 13 de março, e foi um pedido do atual pároco, Pe. Muller Aparecido do Prado, devido a grande popularidade e devoção ao padroeiro da Igreja, e faz com que seja um local de muita peregrinação dos fiéis da Diocese de Mogi das Cruzes e do Vale do Paraíba.

O Pe. Muller Aparecido do Prado será o reitor do novo Santuário Diocesano.

Breve histórico – Igreja Matriz de São José

De acordo com o Livro de Tombo da Igreja São José, a data de criação da freguesia é de 28 de fevereiro de 1838, em que está a primeira “Provisão de Erecção da Capela Curada de São José do Paraytinga”.

Já no Livro de Eleitores e Livro de Sessões da Câmara de Salesópolis, está documentado que o Pe. Bento Claro trabalhou para a construção da Igreja Matriz, onde foi pároco entre 1869 a 1896, ano em que faleceu.

Em 1909, chegou à cidade como novo vigário, o Pe. João Menendez Gonzáles – que dá nome a praça central atualmente – e finalizou as obras da Igreja Matriz de São José, na antiga praça Dr. Jorge Tibiriçá, com data de 30 de outubro de 1911. A bênção da capela ocorreu em 30 de dezembro de 1911.

Durante a construção, para obter recursos financeiros e assim, terminar a o prédio, o sacerdote e a população local começaram a organizar leilões de prendas como bovinos, suínos, aves e cereais, movimento que deu origem a tradicional feira que acontece toda 1ª quinta-feira do mês.

A instalação como Paróquia São José foi em 25 de outubro de 1968.

136 visualizações