Design sem nome (1).png

Jornal do Povão

Aqui Você Faz a Diferença

  • Hiago Salesópolis

Bandeira do CONDEMAT, trabalhadores das forças de segurança e educação serão vacinados


Consórcio segue com reivindicação para imunizar equipes da assistência social


O CONDEMAT – Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê recebeu com alegria a informação da priorização dos trabalhadores das forças de segurança e da educação no Plano Estadual de Imunização, após inúmeras solicitações feitas aos governos Estadual e Federal. Conforme anúncio realizado hoje (24/03), em coletiva de imprensa, pelo governador João Doria, o início da vacinação dos grupos está previsto para a primeira quinzena de abril.

Apesar da boa notícia, a região segue cobrando a mesma atenção com os trabalhadores do Sistema Único de Assistência Social (SUAS), que até o momento não foram contemplados como grupos prioritários nos planos nacional e estadual de vacinação.


Desde o início da campanha o CONDEMAT vem lutando pela priorização dos três grupos na vacinação, defendendo que os trabalhadores destas áreas têm em comum a atuação muito próxima da população

Na expectativa de acelerar a vacinação destes grupos, o Conselho de Prefeitos vem buscando alternativas para aquisição de vacinas, tendo assinado dois termos de intenção de compra: um com o Butantan, para aquisição da CoronaVac; e um com o Grupo União Química, para compra da Sputnik V.

O presidente do CONDEMAT, prefeito Rodrigo Ashiuchi falou do esforço do consórcio para que as classes fossem atendidas com prioridade e reforçou que a região vai continuar lutando para que os trabalhadores da assistência social tenham a mesma atenção

“Consideramos muito importante este avanço da campanha com imunização dos novos grupos, porém sabemos o quanto o trabalho dos profissionais que atuam nas unidades de proteção básica e especial, de média e alta complexidade da Política de Assistência Social estão suscetíveis ao risco de contaminação pela Covid-19 em suas funções, sobretudo neste momento em que prestam assistência às famílias de maior vulnerabilidade social”, destacou.


De acordo com o Governo do Estado, a partir do dia 4 de abril serão vacinados os integrantes das forças policiais que estão na ativa como policiais civis, militares e técnicos-científicos, agentes penitenciários, bombeiros e guardas municipais.

Já a partir do dia 12 de abril começa a vacinação dos trabalhadores da Educação, entre professores e demais funcionários de escolas estaduais, municipais e particulares com idade a partir de 47 anos.


Os municípios aguardam o quantitativo de doses que serão enviadas para iniciar o planejamento da imunização dos grupos.


65 visualizações