top of page
Design sem nome (1).png

Jornal do Povão

Aqui Você Faz a Diferença

  • Hiago Salesópolis

PAGAR CONTAS — Quatro dicas para usar seu dinheiro com sabedoria



Será que é realista pensar que um livro tão antigo como a Bíblia tem conselhos práticos para lidar com os problemas econômicos da atualidade? O site jw.org aborda esse tema em vários artigos e ajuda seus leitores a encontrar a resposta para essa pergunta.


Por exemplo, o artigo Como viver com menos dinheiro? aborda quatro conselhos da Bíblia para lidar com as consequências de uma crise econômica:


1. Seja positivo e se adapte à nova situação

“Aprendi o segredo . . . tanto de ter fartura como de passar necessidade.” (Filipenses 4:12) Você pode aprender a se adaptar a essa nova situação. Aceite a sua nova situação o quanto antes e comece já a fazer mudanças. Lembre-se de que há coisas que o dinheiro não pode comprar. Muitas pessoas não conhecem esse segredo e, por isso sua vida é cheia de estresse e ansiedade. Por outro lado, quando os membros da família conseguem se manter positivos, todos ficam mais dispostos a colaborar com os novos ajustes.


2. Converse com sua família sobre o assunto


“Os planos fracassam quando não há comunicação, mas com muitos conselheiros há bons resultados.” (Provérbios 15:22) Muitos problemas e desentendimentos são esclarecidos depois de uma conversa franca. Lembre-se que ninguém sabe de tudo, então fale sobre a situação com a sua família. Isso irá ajudá-los a entender o que está acontecendo e apoiar as decisões que forem tomadas. Se todos ajudarem a economizar mais e gastar menos, todos serão beneficiados e a renda familiar também.


3. Faça um orçamento


“Sente primeiro e calcule a despesa.’ (Lucas 14:28) Quando você tem pouco dinheiro, é muito importante saber para onde todo o seu dinheiro está indo. É importante criar um orçamento realista que inclua sua atual renda com todos os gastos, até mesmo os que aparentam ser insignificantes. Denise Chambers, em seu livro "Budgeting", comenta: "Todos na família devem participar do planejamento para que se sintam comprometidos." Também é aconselhável que a família se reúna regularmente para avaliar seu progresso. Visto que todos poderão ajudar com ideias, planejar um orçamento se torna um projeto de família.

4. Escolha o que reduzir ou eliminar


"Que vocês se certifiquem de quais são as coisas mais importantes." (Filipenses 1:10) Assim que criar seu orçamento, compare o que irá receber com seus gastos e leve em conta os ajustes que precisará fazer para gastar menos do que ganha. Certo empresário disse: "Negócios são como primeiros socorros. O primeiro passo é parar o sangramento.


" Antes de fazer uma compra, pergunte-se: "Eu preciso disso? Eu posso pagar por isso?" Planejar a alimentação e fazer uma lista de compras evitará gastos excessivos. Esse plano poderá até ser uma ótima oportunidade para eliminar hábitos caros e prejudiciais à saúde. Você poderá talvez vender coisas que não usa mais; isso contribuirá para gerar um dinheiro extra.


Essas sugestões estão de acordo com conselhos fornecidos por especialistas em finanças pessoais. Poucas pessoas imaginam que a Bíblia pode ser uma fonte de ideias sobre esse assunto. Kleber Barreto, porta-voz nacional das Testemunhas de Jeová, comenta: "Os conselhos da Bíblia são atemporais e práticos em várias áreas da vida, até em assuntos econômicos. Temos visto que esses princípios da Bíblia têm ajudado muitas pessoas em nosso país a lidar com os efeitos das crises econômicas.


"Esses tipos de artigos podem ser lidos online e baixados de graça no site jw.org, o site oficial das Testemunhas de Jeová. Não é necessário fornecer informações pessoais nem cadastro para acessar o conteúdo.


PORTA-VOZ LOCAL DAS TESTEMUNHAS DE JEOVÁ Júlio Ohashi

Contato: julioohashi.portavoztj@gmail.com

23 visualizações

Comments


bottom of page