Design sem nome (1).png

Jornal do Povão

Aqui Você Faz a Diferença

  • Hiago Salesópolis

Região recebe novas doses para idosos e aguarda segunda dose dos trabalhadores da saúde



Novo lote deve ser utilizado como primeira dose para idosos de 80 a 84 anos e de 85 a 89 anos


Os municípios da região do CONDEMAT – Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê devem receber amanhã (25/02) um novo lote de CoronaVac para a continuidade da vacinação de idosos. Os municípios, porém, ainda aguardam os imunizantes para utilização como segunda dose de trabalhadores da saúde.

Em comunicado enviado hoje (24/02) o Grupo de Vigilância Epidemiológica (GVE) informou aos municípios que existe a possibilidade de que as vacinas de segunda dose para o grupo sejam entregues no final de semana, porém, no mesmo comunicado eles enfatizam que isso não está certo ainda.

No total, os municípios receberão 11.499 doses destinadas à complementação da vacinação de idosos entre 85 a 89 e novas doses para imunização de idosos de 80 a 84 anos.

Para a coordenadora da Câmara Técnica de Saúde, Adriana Martins a ausência da segunda dose para os trabalhadores de saúde neste lote, coloca os gestores municipais numa situação bastante delicada, pois inicia a vacinação de um novo grupo prioritário sem que haja disponibilidade de vacinas para a segunda dose dos trabalhadores da saúde, primeiro grupo prioritário atendido.

Até o momento, os municípios receberam apenas 59% do total de doses de CoronaVac enviadas para trabalhadores de saúde para aplicação de segunda dose.

“Os trabalhadores da saúde começaram a ser imunizados na região a partir do dia 20 de janeiro e até o momento não recebemos a quantidade total de segunda dose para este público, o que coloca em risco a eficácia da imunização por conta do prazo para aplicação da segunda dose preconizado em até 21 dias”, disse a coordenadora.

O CONDEMAT oficializou o questionamento ao Governo do Estado, cobrando ainda informações fundamentais para o planejamento da campanha nos municípios.

“Desde o início do ano estamos cobrando celeridade e transparência nas informações sobre o quantitativo de doses a ser disponibilizado para cada grupo nos municípios, o que facilitaria nosso planejamento, bem como minimizaria as cobranças dos munícipes que também buscam estas informações”, reforçou.

Com a nova remessa de CoronaVac, a região do CONDEMAT contabilizará 128.670 vacinas recebidas em cinco lotes desde o dia 20 de janeiro. Os municípios seguem o Plano Nacional de Imunização.


52 visualizações