Design sem nome (1).png

Jornal do Povão

Aqui Você Faz a Diferença

  • Hiago Salesópolis

SALESÓPOLIS: Polícia Civil elucida três casos de furtos na cidade



FURTO 1


A equipe de investigação A, composta pelos Policiais Antônio e Giselli, em contato com a vítima e conseguiram apurar que a mesma teria contratado um pedreiro de prenome Bruno, para realizar alguns serviços em seu imóvel, sendo que o mesmo trabalhou na obra apor alguns dias e sumiu, não mais sendo visto na cidade.


A vítima percebeu a falta de algumas ferramentas de sua propriedade, e soube através de um conhecido que um rapaz teria oferecido no Bairro, para venda, ferramentas semelhantes as suas.


Os Policiais Civis de posse de tal informação, contataram a pessoa e a mesama confirmou a veracidade dos fatos narrados pela vítima.


Os policiais então lograram apurar um segundo nome do autor, e aí em diversas pesquisas e cruzamentos de dados nos sistemas policiais, conseguiram apurar a correta qualificação do autor e nas redes sociais conseguiram a foto de tal pessoa, a qual exibida a vítima e testemunha, foi reconhecido sem sombra de dúvidas.


Também trabalharam o Escrivão Chefe Elpídio, Investigador Chefe, Itá e o Delegado Titular de Polícia de Salesópolis Dr. Eduardo Peretti Guimarães.


FURTO 2


Os Policiais Civis Luan e Wanderley, realizaram diligências com vistas a apuração de furto cometido no interior de uma escola, localizada em Salesópolis.


Em contato com a vítima lograram apurar que esta teria se ausentado da sala de aula, onde leciona e deixado seu aparelho de telefonia celular sobre uma mesa e quando retornou percebeu a falta do aparelho e de imediato solicitou auxilio a outros funcionários do estabelecimento escolar e realizaram diversas ligações ao número do aparelho, sendo que em uma dessas ligações uma mulher atendeu a ligação e disse chamar-se (A.), que logo a seguir desligou o aparelho.


A Vítima, conseguiu ainda apurar que a última geolocalização do aparelho, apresentava a Estrada da Roseira.


A equipe de Investigação solicitou então a quebra de IMEI do aparelho, que significa International Mobile Equipment Identity. Em português,”Identificação Internacional de Equipamento Móvel”, ou seja, é a impressão digital do seu telefone. Assim como nossas digitais nos tornam únicos, o IMEI faz o mesmo com os aparelhos de telefonia móvel de todos os países.

Com a resposta de uma das operadoras, apurou que foi utilizado em chip diverso da vítima. Chamada a esta Unidade a proprietária de tal chip, informou a equipe que tal numero estava de posse de sua sobrinha, que possui uma irmã de nome (A.), moradora das proximidades das Estrada da Roseira, em Salesópolis.


A equipe então foi ao local apontado e ali, localizou a genitora das menores P. e A., e indagada a respeito do aparelho celular, esta informou a equipe que seu filho L. R. I., estudante da mesma escola onde leciona a vítima, havia achado tal aparelho.

O menor encontrava-se presente e afirmou que realmente, aproveitando-se da ausência de pessoas na sala de aula, apropriou-se do telefone.


A equipe da Polícia Civil recuperou o aparelho celular, que foi devidamente restituído a vítima.

Foram todas as partes envolvidas apresentadas a esta Delegacia de Polícia onde foram tomadas as demais mediadas de Polícia Judiciária.


Também trabalharam nesse caso o Escrivão Chefe, Elpídio, Investigador Chefe, Itá e o Delegado Titular de Polícia de Salesópolis Dr. Eduardo Peretti Guimarães.


FURTO 3


Os Policiais Civis Giselli e Antônio, em diligências com vistas a esclarecer um furto de um aparelho celular e um tablet, dirigiram até a Comunidade Católica, localizada na Zona Rural de Salesópolis e após contato com as vítimas, as mesmas informaram que no local residem cerca de 150 pessoas e que apenas três funcionárias teriam acesso ao local.


De posse dos nomes das pessoas e após pesquisa junto a Operadora de Telefonia apurou-se que o aparelho de telefonia estava ativo e após seu rastreamento os Policiais Civis conseguiram identificar que o mesmo estava em posse de F. P. S.

F. P. S. foi intimada a comparecer na Delegacia de Polícia Civil de Salesópolis, onde após confrontada a respeito dos fatos e por se por se contradizer em algumas respostas, confessou a autoria do delito, informando os Policiais Civis que os aparelhos estavam no refeitório e a mesma furtou para poder utiliza-los.


Diante da confissão F. P. S. a mesma acompanhou os Policiais Civis até sua residência onde foram recuperados o Celular e o Tablet.


As vítimas compareceram até a Delegacia de Polícia Civil de Salesópolis onde reconheceram os objetos furtados, onde foram tomadas as medidas da Polícia Judiciária e os aparelhos foram entregues as mesmas.


Também trabalharam nesse caso o Investigador Chefe, Itá, Escrivã Cristiane e o Delegado Titular de Polícia de Salesópolis Dr. Eduardo Peretti Guimarães.

1.384 visualizações