Vereador Nei é contra terceirização da Santa Casa

 

O vereador Claudinei José de Oliveira, DEM se posicionou contra a possível terceirização da Santa Casa de Misericórdia Frederico Ozanan, na Estância Turística de Salesópolis, visto que pode gerar um desemprego em massa.

 

Todos são sabedores que no Brasil infelizmente a atenção dada à saúde fica sempre ficou em segundo plano e que obras de infraestrutura e embelezamentos de cidades sempre tiveram prioridades.

 

Esses fatos revoltam a população em um todo e  atualmente na Região Leste da Grande São Paulo com milhões de habitantes os hospitais, Postos de Pronto Atendimento e Santas Casas estão falidas por falta de uma política pública ativa que realmente venha a aplicar o que é necessário e principalmente sem desvios de verbas.

 

A Santa Casa de Misericórdia Frederico Ozanan acumula uma dívida que segundos levantamentos já efetuados podem ultrapassar os 4 milhões de reais o que torna ainda mais difícil efetuar esse pagamento se não tiver ajudar dos governos estadual e federal.

 

Em meados de 2012 ano eleitoral, na qual o prefeito era Antônio Adilson de Moraes, PSDB, o governador Geraldo Alckmim prometeu uma verba de 2 milhões de reais para ampliação e modernização da Santa Casa de Misericórdia Frederico Ozanan, verba essa que nunca chegou e com certeza jamais irá chegar.

 

O que realmente a Santa Casa precisa é de verbas de custeio, precisa de médicos e pelo menos um Pediatra de plantão diariamente, pois as reclamações de mães que levam seus filhos no Centro de Saúde e só podem passar com médicos mediante agendamento, são constantes visto que o tratamento não pode esperar.

 

E ao serem direcionadas para a Santa Casa nunca encontram um Pediatra ou seja apenas clínicos atendendo a todos.

 

O vereador Nei defende a permanência dos funcionários e acima de tudo defende a instituição que foi criada em 1972, por Salesopolenses que construíram ao prédio com o intuito de dar um atendimento a população.

 

O vereador Nei defende que há a necessidade urgente de um relatório trimestral com todos os trabalhos que estão sendo desenvolvidos na Santa Casa de Misericórdia Frederico Ozanan desde a administração até a intervenção da mesma.

 

Todos são sabedores que já se passaram três anos e meio de intervenção e que ainda a Santa Casa mesmo estando como está, consegue caminhar a passos lentos, mas atende a população, o que precisamos é ter mais seriedade nos trabalhos e não deixar que uma empresa de fora venha a tomar conta de nosso patrimônio.

 

A pessoas podem ter o melhor plano de saúde ,mas no momento que passamos mal é aqui na nossa Santa Casa que recebemos os primeiros atendimentos.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload