CONDEMAT promove seminário sobre enfrentamento à violência contra a mulher

 

O CONDEMAT – Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê promove, no próximo dia 30, em Mogi das Cruzes, o seminário “Aspectos Práticos do Enfrentamento à Violência contra a Mulher”, uma iniciativa da Câmara Técnica de Políticas Públicas para Mulheres que coloca em discussão um dos principais temas da atualidade – o avanço dos casos de agressão e feminicídio e o papel do poder público e da sociedade para mudar esse quadro.

 

O evento será realizado no Cemforpe, a partir das 8h45, com inscrição prévia pelo link (goo.gl/ahdbdR) ou pelo site (www.condemat.sp.gov.br).

 

O seminário “Aspectos Práticos do Enfrentamento à Violência contra a Mulher” acontece no mês em que se comemora os 12 anos da Lei Maria da Penha e vai reunir alguns dos principais nomes da atualidade na luta contra a violência à mulher nos segmentos da saúde, judiciário, defensoria pública, polícia, movimentos sociais, acolhimento e grupos reflexivos para homens.  

 

São esperadas 400 pessoas, em especial técnicos e gestores que atuam nos serviços públicos dos 11 municípios consorciados, e autoridades.

 

O evento terá uma apresentação sobre o “Panorama da Violência contra a Mulher no Alto Tietê”  e, na sequência, a médica Albertina Duarte Takiuti, coordenadora estadual das Políticas Públicas para a Mulher vai abordar a atuação do Estado nos casos de violência.

 

Depois, será realizado um talk show com as participações da juíza Tatiane Moreira Lima, idealizadora da campanha “Juntos podemos parar o abuso sexual nos transportes” e vítima de agressão por um homem em 2016 dentro do Fórum Regional do Butantã; da defensora pública Nalida Coelho Monte, coordenadora auxiliar do  NUDEM - Núcleo Especializado de Promoção e Defesa dos Direitos da Mulher da Defensoria Pública do Estado de São Paulo; da delegada de Polícia Samira Vieira Fares; da advogada Cláudia Patrícia Luna Silva Lago, presidente da Organização Elas por Elas – Vozes e Ações para Mulheres; do psicólogo e sociólogo Flávio Urra, coordenador do programa “E Agora José”, de Santo André; e da psicóloga Clarice Jorge Araújo, do Centro de Defesa da Mulher de São Paulo.

 

“Todos os convidados têm grande experiência no atendimento de casos que envolvem violência contra a mulher e certamente irão contribuir com o objetivo do Condemat, que é levar até os técnicos que atuam nos serviços municipais conhecimentos práticos sobre como lidar com as situações de violência”, ressalta Fabiana Costa, coordenadora da Câmara Técnica de Políticas Públicas para Mulheres do CONDEMAT.

 

“Com certeza esse é um tema que não se esgota num único evento, mas a Região vem dando importantes passos para vencer a violência contra a mulher”, acrescenta, ao citar a recente criação do grupo de trabalho de gênero e masculinidades,  o qual visa sensibilizar os homens com o objetivo de transformá-los em parceiros dos movimentos feministas.

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload